Home

Cavalos podem reconhecer e responder às emoções humanas, dizem pesquisadores britânicos

 

Por Alice Duarte

Psicólogos da Sussex University, no Reino Unido, demonstraram pela primeira vez que os cavalos domésticos são capazes de ler emoções humanas, distinguindo expressões faciais de felicidade e irritação. O estudo também constatou que eles manifestam, em seus corpos, respostas relevantes às emoções humanas. Isso comprova cientificamente parte dos fenômenos que podem ser percebidos durante as sessões terapêuticas de Constelação Sistêmica com cavalos. Nessas sessões, os animais percebem e reagem rapidamente às alterações emocionais do cliente diante de um problema ou questão pessoal.

O estudo britânico foi conduzido da seguinte forma: os cientistas fizeram impressões coloridas, de tamanho grande e em alta resolução do mesmo homem expressando emoções ditas positivas (sorrindo e exibindo os dentes) e negativas (também mostrando os dentes, mas franzindo ao mesmo tempo a testa). Voluntários mostraram essas imagens para 28 cavalos e os animais puderam expressar, em seus corpos, a diferença entre as duas imagens.

A reação à expressão facial de raiva foi bastante clara. Houve um rápido aumento da frequência cardíaca e os cavalos viraram suas cabeças para que pudessem olhar para esses rostos enraivecidos com o seu olho esquerdo. Isso porque o hemisfério direito do cérebro – responsável por gravar e interpretar a informação percebida pelo olho esquerdo – é especializado em lidar com as situações ameaçadoras.

“Essa pesquisa mostra que os cavalos têm a capacidade de ler emoções além da barreira das espécies. Sabemos há muito tempo que os cavalos são uma espécie socialmente sofisticada, mas esta é a primeira vez que vemos que eles podem distinguir entre expressões faciais humanas positivas e negativas”, disse Amy Smith, estudante de doutorado do grupo de pesquisa em cognição e comunicação vocal em mamíferos da Sussex University, em entrevista ao jornal The Guardian.

“Os cavalos podem ter adotado uma capacidade ancestral para ler pistas emocionais em outros cavalos, para poder responder adequadamente às expressões faciais humanas durante a sua co-evolução. Outra possibilidade é que, individualmente, os cavalos podem ter aprendido a interpretar expressões humanas durante a sua própria vida”, disse, também ao The Guardian, Karen McComb, que dirige o grupo de pesquisa e é a principal co-autora do estudo.

 

Gostou do conteúdo?
Para mais dicas e insights sobre desenvolvimento pessoal acesse os meus canais:
Facebook: Alice Duarte
Twitter: @alicebduarte
periscope.tv/aliceduarte

// @AliceDuarte

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s