Home

Nessa entrevista para o site Mulheres Executivas em Ação, falo sobre as posturas que contribuem para o sucesso profissional

Entender a si mesmo antes de entender o outro. Essa premissa básica pode contribuir significativamente para nosso desenvolvimento profissional. Uma das ferramentas pode ser a terapia da Constelação Sistêmica realizada pela pesquisadora da natureza humana Alice Duarte. Há 12 anos, estuda filosofias orientais além de atuar como jornalista e facilitadora de Constelação Sistêmica Familiar e Organizacional.

Como uma constelação pode contribuir para o desenvolvimento profissional?

Todo mundo que passa por um processo seletivo e é contratado por uma empresa é porque tem conhecimento (graduação, cursos) e habilidades (experiência de mercado).

O principal motivo de desligamento de um profissional não é a falta desses dois atributos e sim problemas de comportamento, de atitude para com líderes, pares, liderados, clientes e fornecedores. Então, o trabalho de autoconhecimento e desenvolvimento pessoal é fundamental para quem quer ter uma carreira longa e de sucesso.

A Constelação permite olhar para dentro de nós mesmos de um ponto de vista mais amplo, tornando mais consciente nossas escolhas e decisões. É importante dizer também que o êxito profissional só acontece quando tomamos plenamente a vida que veio de nossos pais, nos reconciliando com eles, e quanto integramos e nos colocamos em paz com o nosso passado.

Qualquer pessoa pode participar?

A princípio sim, desde que esteja disponível para olhar para aquilo que muitas vezes incomoda e é difícil. Pessoas com algum tipo de transtorno psiquiátrico mais sério devem ser avaliadas caso a caso.

Em quanto tempo é possível perceber os resultados?

Isso depende de cada um. Há situações em que os resultados são imediatos, outras que podem demorar um ano ou até nem aparecer. Vai depender muito da maturidade e do quanto a pessoa está desperta e disposta a mudar.

A partir do momento em que a pessoa olhou para algo que estava oculto, uma nova consciência surge sobre o problema em questão. Aí o facilitador irá apontar possíveis caminhos de solução, que passam por uma mudança de postura interna e um novo caminho emocional a percorrer. Mas quem terá que percorrer esse caminho é a pessoa.

Temos uma balança interna que sempre acusa quando isso está em desequilíbrio” Alice Duarte

Quais princípios da PNL são utilizados?

A PNL fornece ferramentas importantes para o trabalho com as constelações, já que estuda as reações do corpo e os canais de acesso à mente inconsciente. Permite, por exemplo, identificar a linguagem não verbal da pessoa e dos representantes durante a constelação.

Como as constelações podem ser aplicadas aos negócios?

Como essa ferramenta trata de sistemas, pode ser aplicada tanto para resolver conflitos pessoais e melhorar as relações em nosso sistema familiar como também na empresa ou organização a que pertencemos.

A técnica pode ser usada, por exemplo, para equilibrar as relações de trabalho, melhorar o clima organizacional, para resolver um impasse entre sócios, desordens financeiras ou quando a empresa está diante de decisões importantes, como fusão, aquisição, mudança de estratégia de mercado etc.

Alguma dica para as mulheres executivas que queiram aprimorar seus relacionamentos profissionais?

É importante saber que há dois tipos de hierarquia que atuam dentro de uma empresa ou organização: uma é a hierarquia de cargos e funções, definida pelo organograma, e outra é a hierarquia definida pela ordem de ingresso ao sistema empresarial/organizacional. Isso significa que os membros que vieram primeiro têm precedência sobre os que entraram por último.

Os sócios-fundadores e funcionários mais antigos precisam ser ouvidos e respeitados. Há que se reverenciar a história e a memória da empresa e a todos que vieram antes. Todos precisam de reconhecimento, caso contrário, há desordem, instabilidade e muitos conflitos. Também é importante estar atento ao equilíbrio entre dar e receber nas relações profissionais. Temos uma balança interna que sempre acusa quando isso está em desequilíbrio. A troca, portanto, precisa ser justa entre aquilo que se dá para a empresa e o salário e os benefícios que se recebe. Isso se aplica em todas as nossas relações.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s