Home

As sessões são terapêuticas e beneficiam a todos os que nelas participam e não apenas a quem está sendo constelado

 

Participar numa constelação, seja como cliente, como facilitador, como representante ou estar simplesmente presente nesse círculo que sustenta a constelação, é uma experiência que toca de forma profunda de cada pessoa.

Entrar no “campo” de uma constelação familiar permite o contacto consigo próprio: seja porque nos revemos em aspectos que estavam até aí ocultos para nós, e porque o “campo” do outro contém facetas que nos são comuns, ou porque se tem a oportunidade de presenciar os movimentos de solução e crescimento que ali operam.

A experiência do trabalho de constelação leva-nos a uma mudança na nossa forma habitual de pensar. Somos incentivados a ver a realidade relacional para além da natureza dualista, de ver o certo e o errado, o bom e o mau, a causa e o efeito. A ver que o passado e o futuro não são separados do presente. A perceber que as pessoas não são indivíduos, mas sempre partes de uma estrutura interrelacionada. A ver que tudo e todos estão interconectados de forma inextricável.

As sessões de constelações familiares são em si terapêuticas para todos os que nelas participam e não apenas para quem coloca a sua constelação. Em geral é uma vivência impressiva e muito enriquecedora.

Texto de Eva Jacinto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s